Secretário da Segurança acompanha trabalhos desenvolvidos na Colônia Penal Industrial em Maringá
01/10/2021 - 21:40

Nesta sexta-feira (01/10), o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, esteve na Colônia Penal Industrial de Maringá (CPIM), na região Noroeste do estado, para visitar a estrutura do local, reformada no final do ano passado, e, também, para acompanhar o trabalho desenvolvido pelos presos. Ele também conheceu o projeto remição de pena pela leitura e pelo trabalho, em andamento nesta unidade, e também em outras do Paraná, com o objetivo de incentivar a prática da leitura e da escrita aos presos.


A CPIM tem aproximadamente 290 presos em regime semiaberto, os quais eles têm a oportunidade de trabalhar e estudar. Neste local, eles produzem peças de vestuários, máscaras descartáveis, blocos de concreto, entre outros materiais, em convênio com empresas parceiras e, além de receber salário pelo trabalho desempenhado, eles também têm redução da pena por dia e hora trabalhada.

 

“Trabalhar e estudar é a melhor forma de buscar um futuro melhor, por isso a Secretaria, com apoio do Departamento Penitenciário, busca constantemente ações que incentivem o engajamento dessas pessoas para proporcionar um meio de recomeçar e trilhar um bom caminho, pois assim elas podem sair muito melhores do que entraram”, afirmou o Secretário Marinho.

Neste local, também são desenvolvidas ações voltadas à educação de pessoas privadas de liberdade. Uma delas é o projeto de remição pela leitura, por meio do qual os presos fazem a leitura de uma obra literária e, ao término dela, elaboram uma resenha, pela qual são avaliados, e, podem conquistar o benefício de redução da pena. Cerca de 50% dos presos desta unidade já ingressaram no projeto, mas há vagas disponíveis para 100% de atendimento.

Durante a visita, o Secretário Marinho destacou o apoio de todos os envolvidos neste projeto para contribuir com o processo de ressocialização do preso por meio da educação. “É gratificante poder acompanhar de perto e ver na prática como o projeto acontece, principalmente pelo comprometimento e força de vontade das pessoas que atuam nesta causa, que é um importante meio para a reintegração do preso à sociedade”, ressaltou o Secretário.

O Programa Remição pela Leitura é pioneiro no Brasil e foi regulamentado pela Lei Estadual 17.329, no ano de 2012. Nele, os presos passam pelas etapas de leitura, escrita e reescrita final da resenha, auxiliados por um professor de Língua Portuguesa e Literatura para orientar e fazer as devidas mediações, além da correção e avaliação dos textos. Cada obra lida resulta em quatro dias de remição da pena, sendo permitida somente uma obra literária por mês.


Ainda durante a visita na Colônia Penal Industrial de Maringá, o secretário Marinho teve a oportunidade de observar as melhorias na estrutura do local, possibilitadas após obras de revitalização entregues em dezembro do ano passado, as quais adequaram todos os alojamentos, com ventilação natural, cruzada com elementos vazados em concreto produzidos na própria unidade, permitindo aos espaços maiores condições sanitárias e de salubridade.

A reforma também permitiu à CPIM a revisão elétrica, estrutural e hidráulica de todos os alojamentos da unidade, pintura interna e externa. Além dessas melhorias, também houve a troca das janelas dos alojamentos, que antes eram de vidros, por travessões de concreto, possibilitando, com isso, maior segurança e circulação do ar tanto para quem trabalha no local quanto aos presos.



“Estou muito feliz e saio daqui motivado com os progressos que vi nesta unidade, pois é o resultado da soma de esforços em conjunto para proporcionar condições de trabalho mais dignas aos nossos agentes e ao sistema penitenciário como um todo. Isso demonstra que estamos no caminho certo do nosso trabalho”, destacou o Secretário.


PARTICIPANTES - Estiveram presentes no evento, além do Secretário Marinho, o vice-Diretor Geral do Depen, Luiz Francisco da Silveira; o coordenador da Regional de Foz do Iguaçu do Depen, Marcos Marques, o coordenador da Regional do Depen, de Maringá e Cruzeiro do Oeste, Luciano Brito, Coordenadores Regionais do DEPEN de Foz do Iguaçu e Londrina, respectivamente, Marcos Marques e Reginaldo Peixoto; o diretor da CPIM, Osvaldo Messias Machado, e demais servidores.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias