AIFU flagra desrespeito às medidas sanitárias e multa estabelecimentos comerciais em Curitiba
26/09/2021 - 09:49

Em mais um dia de trabalho das equipes da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU), coordenada pela Polícia Militar, nove estabelecimentos comerciais foram abordados e oito acabaram fechados por irregularidades. As ações começaram por volta das 20h30 de sexta-feira (24/09) e se estenderam até a madrugada deste sábado (25/09) em diversos bairros de Curitiba, Capital do estado. Quase meio milhão de multas foram aplicadas pelos agentes municipais integrantes da AIFU.

De acordo com o balanço repassado pelas equipes, dos nove pontos comerciais fiscalizados oito acabaram fechados por irregularidades, 20 autuações administrativas foram aplicadas pelo município, resultando em R$ 455 mil em multas. As autuações foram empregadas em locais que não controlavam o número máximo de pessoas permitidas e por não ter alvará para tocar música mecânica.

Nos locais, haviam cerca de 773 pessoas e nove acabaram abordadas. As equipes aplicaram 11 Autos de Infração de Trânsito, um veículo foi recolhido ao pátio do Detran.

Em um dos estabelecimentos, no bairro Batel, as equipes localizaram 60 cigarros eletrônicos sem origem comprovada. Sendo assim, o material foi apreendido e encaminhado à Receita Federal para as medidas cabíveis.

Os agentes da Polícia Militar, em conjunto com o Corpo de Bombeiros, a Guarda Municipal, a Secretaria Municipal de Urbanismo (SMU), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) e a Secretaria de Trânsito (SETRAN) percorreram os bairros Batel, Bacacheri, Bigorrilho, Centro e São Francisco.

DESRESPEITO – Durante as abordagens a PM flagrou, no bairro Centro, dois estabelecimentos comerciais que não controlaram a lotação de pessoas nos espaços disponibilizados, ambos receberam uma multa de R$ 20 mil cada do município.

Já no bairro Bacacheri, outros dois estabelecimentos foram multados por não controlar a lotação e a vedação de pessoas nos espaços, um recebeu uma multa de R$ 50 mil e outro de R$ 55 mil dos agentes municipais. Já no bairro Batel, um local foi multado em R$ 100 mil, outros dois em R$ 105 mil cada também pelos agentes do município.

Nestes as equipes também constataram que os responsáveis não estavam controlando o número de pessoas, conforme orientação do decreto vigente, além de dois deles estarem com música mesmo sem o alvará necessário.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias