0 - Segurança

12/07/2019

Secretário de Segurança visita a sede da Polícia Científica, em Curitiba

O secretário da Segurança Pública, coronel Romulo Marinho Soares, visitou a sede da Polícia Científica e do Instituto Médico-Legal (IML), na tarde desta quinta-feira (12/07), localizado no bairro Tarumã, em Curitiba, capital paranaense. Na ocasião, o coronel Marinho e sua equipe foram recepcionados pelo diretor-geral da Polícia Científica, Dr. Leon Grupenmacher.

“O principal objetivo desta visita é ter um contato direto com os profissionais que realizam o trabalho, que é de qualidade, e fazem com que a Polícia Científica do Paraná seja referência para outros estados. Este contato possibilita entendermos as necessidades do dia a dia da instituição, até mesmo para aperfeiçoarmos o sistema de segurança”, afirmou o secretário.

Durante a visita, o coronel Marinho conheceu as dependências da sede, que conta com laboratórios forenses e consultórios humanizados para reconhecimento de corpos, museu, localística, além da parte administrativa da instituição. “A presença do secretário é importante para a Polícia Científica, para que possamos apresentar a estrutura e o pessoal e para alinharmos nosso trabalho com a Secretaria da Segurança”, destacou Dr. Leon Grupenmacher.

Após conhecer as instalações da instituição, o secretário agradeceu a acolhida e parabenizou o trabalho realizado pela Policia Científica. De acordo com o coronel Marinho, a visita é relevante para a troca de informações e experiências, o que contribui para o desenvolvimento da SESP.

ALTA TECNOLOGIA – A estrutura da sede da Polícia Científica e do Instituto Médico-Legal de Curitiba, conta com laboratórios de biologia, DNA, patologia, antropologia, toxicologia, câmaras frias, salas de observatório e necropsia. A unidade está entre as mais modernas do mundo, com equipamentos de alta tecnologia, como é o caso do laboratório de DNA, que possui um robô para análises.

MUSEU DE CIÊNCIAS FORENSES - Além dos laboratórios, a sede da Polícia Científica do Paraná abriga o Museu de Ciências Forenses, que guarda histórias relacionadas a crimes, alguns considerados incomuns, que aconteceram no estado.  O local, que recebe anualmente cerca de 3 mil pessoas, possui peças de caráter didático, como corpos mumificados e equipamentos antigos para o desenho de retratos falados. Para visitar o Museu, é necessário fazer agendamento, via direção-geral.

SERVIÇO – Sede da Polícia Científica e do IML
Endereço: Rua Paulo Turkiewicz, 150 – Tarumã – Curitiba (PR)
Fone: (41) 3361 - 7200
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.