Polícia Militar

11/02/2019

Operação contra perturbação de sossego da PM e termina com 38 detidos

O Centro de Operações Policiais Militares (COPOM), com apoio de outras unidades da PM, desencadeou a Operação Civilidade em Curitiba, Pinhais, Fazenda Rio Grande e Colombo na noite desta sexta-feira (08/02) para flagrar casos de perturbação de sossego. A ação foi até às 5 horas de sábado com um balanço de 38 detidos, 32 conjuntos de som apreendidos e 512 pessoas abordadas. Também houve a lavratura de seis autos de infração de trânsito.

A operação faz parte de uma iniciativa do COPOM com a Patrulha do Sossego para atendimento de ocorrências perturbação de sossego, que denotam um atendimento diferenciado. O chefe do COPOM, tenente-coronel Olavo Vianei Francischett Nunes, ressaltou que as ações são uma resposta para a demanda da população e cita que é importante a conscientização das pessoas ao gerarem barulhos e ruídos que podem afetar terceiros.

“Pedimos à população que ela mantenha se abstenha de fazer ruídos exagerados aos finais de semana porque isso prejudica o repouso noturno e causa problemas de saúde para as pessoas expostas ao barulho desnecessário. Além disso, as consequências são imediatas pois com a lavratura do Termo Circunstanciado a responsabilização pode ser concretizada em 2 meses”, salienta.

Para reforçar as atividades, foram empregados 20 viaturas e 110 policiais militares de diversos setores administrativos da PM e também os cadetes do Curso de Formação de Oficiais da Academia Policial Militar do Guatupê (APMG), para complemento na formação acadêmica.

A largada da operação foi às 20 horas do pátio do Quartel do Comando-Geral da PM, no bairro Rebouças, e as equipes foram distribuídas em pontos estratégicos onde há maior incidência de chamados pelo 190 de perturbação de sossego. As equipes atenderam 82 ocorrências, e lavraram 36 Termos Circuntanciados por perturbação de sossego, com o encaminhamento dos envolvidos para a confecção do documento e agendamento da audiência. Além dos encaminhamentos por perturbação de sossego, as equipes policiais prederam um homem por embriaguez ao volante e outro por uso de drogas.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.