0 - Segurança

08/05/2018

Número de homicídio em Curitiba reduz 21,7% e é o menor em 11 anos

A redução do número de homicídios em Curitiba continua batendo recorde. O primeiro trimestre em Curitiba foi o menos violento em relação a assassinatos nos últimos 11 anos. Houve 79 homicídios dolosos (quando há intenção de matar) em janeiro, fevereiro e março de 2018 – contra 101 no mesmo período do ano passado. Uma queda de 21,7%.

É o menor registro no período desde 2007, quando começou o levantamento realizado pela Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária. O declínio de número de assassinatos na capital do Estado tem sido constante. Considerando o primeiro trimestre de 2010 e o deste ano, a redução é expressiva: 67%. Foram 240 em 2010 e 79 nestes primeiros três meses de 2018.

O recorde foi anunciado pela governadora Cida Borghetti nesta terça-feira (8), durante a reunião das forças de segurança pública do Paraná, realizada no Palácio Iguaçu. O número do primeiro trimestre reforça a tendência de queda neste tipo de crime, cujo combate é prioridade para o Governo do Paraná.

“Entre os fatores para esta queda está o trabalho conjunto da PM na prevenção e na expertise da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, da Polícia Civil, de identificar e prender os autores, além do forte investimento feito pelo Governo do Estado em pessoal, viaturas e armamento”, disse a governadora. Com mais viatura e policiais, é possível posicionar o policiamento nos locais e horários de maior incidência criminal.

“A gente sabe que precisa fazer mais investimentos ainda, cada vez mais capacitar, dar segurança aos policiais através de equipamentos e armamento, para que eles possam combater todas as formas de crimes presentes no dia a dia na vida das pessoas”, completou Cida Borghetti.

VITÓRIA - O secretário da Segurança Pública, Júlio Reis, atribuiu a importante redução nos homicídios a diversos fatores, como investimentos feitos pelo governo, que possibilitaram o aparelhamento das polícias, e a integração entre a Polícia Militar e Civil. Outro fator, segundo Reis, foi a criação da Divisão de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) na capital, permitindo um foco maior na elucidação dos crimes de homicídio.

“Com toda certeza isso é sinal da integração existente através do eficiente trabalho preventivo da PM e o conhecimento e experiência DHPP, que melhorou a qualidade das investigações destes crimes. Se compararmos com 2010 para hoje, 67% de redução dos crimes de homicídio é uma grande vitória para todos”, disse o secretário.

O delegado titular da DHPP, Fábio Amaro, cita, além dos investimentos e da integração entre as polícias, também a parceria com o Instituto de Criminalística. “Temos também a questão do aumento de prisões e isso reflete diretamente na diminuição dos assassinatos. A nossa expectativa é que essa curva desça ainda mais e que neste ano tenhamos aproximadamente 20% a menos que o ano passado”, avaliou Amaro.

CASCAVEL - Na semana passada, durante a solenidade de recondução do secretário Julio Reis ao cargo de secretário da Segurança, a governadora anunciou os dados criminais do primeiro trimestre de 2018 da cidade de Cascavel e ainda a criação de uma Unidade Paraná Seguro (UPS) no bairro Santa Cruz, além de investimentos na região Oeste.

O número de homicídios em Cascavel caiu 43% neste primeiro trimestre de 2018 comparando com o mesmo período do ano passado. Foram 21 mortes em 2017 contra 12 nestes três primeiros meses. Além do recuo, todos os assassinatos cometidos em este ano foram esclarecidos pela equipe da Delegacia de Homicídios.

“Estamos trabalhando para integrar cada vez mais as forças policiais e, com isso, dar uma resposta mais rápida à população. Tudo isso para que as nossas famílias possam andar nas ruas sem preocupação”, afirmou a governadora.

PARANÁ – Outro dado importante é que o Paraná registrou em 2017 o menor índice de homicídios em 10 anos. Em 2007, foram 2.647 assassinatos e no ano passado houve 2.184 - ou menos 17,4%. A comparação do último registro com o de 2016 revela uma queda de 12%.

Os dados de homicídios do primeiro trimestre de 2018 em todo o Estado do Paraná serão divulgados nas próximas semanas pela Secretaria da Segurança.

CURITIBA – 1º TRIMESTRE

2007 – 144
2008 – 158
2009 – 156
2010 –240
2011 –189
2012 –176
2013 –145
2014 –157
2015 –130
2016 –146
2017 –101
2018 – 79
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.