Paraná Seguro

03/01/2018

Prisões e atendimentos com apoio do CICCR registram aumento de mais de 100% em 2017

A Secretaria da Segurança e da Administração Penitenciária do Paraná registrou um aumento no número de prisões e atendimentos realizados em 2017 em comparação com o ano de 2016. Os números são referentes às prisões e atendimentos realizados em todo o estado do Paraná com apoio do CICCR, o Centro Integrado de Comando e Controle.

No total, foram 681 prisões realizadas em 2017 com apoio do CICCR. Em 2016 esse número foi de 321 prisões. Desse total, 399 prisões foram resultado de cumprimentos de mandados, enquanto 282 foram prisões em flagrante.

”O Centro Integrado de Comando e Controle tem o papel de ser os olhos da segurança pública em grandes eventos, em videomonitoramento e no monitoramento dos usuários de tornozeleiras eletrônicas. O relatório apenas reforça a importância do CICCR na fiscalização desses monitorados e demonstra que eles estão sendo vigiados constantemente”, afirmou o Tenente Coronel Adilson Luiz Correa, coordenador do CICCR. "Estamos ampliando a quantidade de câmeras, trabalhando em um aplicativo para uso policial e em projetos de biometria que vão aumentar a utilização dos recursos do CICCR", declarou o secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária Wagner Mesquita.

Entre as prisões em flagrante, o crime mais comum foi o roubo, responsável por 97 das prisões realizadas. O tráfico de drogas resultou em 18 prisões em flagrante, enquanto 13 prisões foram realizadas por furtos.

O CICCR prestou suporte para diversas instituições ao longo de 2017. A Polícia Militar efetuou 426 do total de prisões registradas. A Polícia Civil foi responsável por 71 prisões. A Polícia Federal e a Guarda Municipal de Curitiba também estão entre as instituições que receberam suporte do CICCR.

CICCR – O Centro Integrado de Comando e Controle Regional possui um sistema de equipamentos de alto desempenho, ferramentas de inteligência e sistemas tecnológicos de última geração, capazes de prover uma imagem fiel e em tempo real do panorama global, por meio de câmeras espalhadas pelo estado. Com o CICCR, a tomada de decisões em situações críticas e que requeiram atenção é eficiente, ágil e efetiva nos âmbitos operacional e técnico. Consequentemente, o tempo de resposta no atendimento à urgência e emergência é reduzido.

O espaço abriga também uma Sala de Gestão de Crises, onde ocorrem reuniões que demandem decisões rápidas e eficazes, entre as autoridades da área de Segurança Pública e Defesa. O CICCR foi inaugurado no Paraná como parte dos preparativos para a Copa do Mundo de 2014.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.