Polícia Militar

01/11/2017

Operação apreende armamento pesado e 36 quilos de explosivos

Uma submetralhadora, dois fuzis, quase 500 munições de calibres restritos e 36 quilos de emulsão explosiva (21 cartuchos) foram apreendidos durante uma megaoperação desencadeada pelo Batalhão de Operações Especiais (Bope) em Curitiba e Região Metropolitana nesta terça-feira (31). A polícia também encontrou vários carregadores de arma longa e mais de R$ 4 mil em dinheiro.

O objetivo da ação foi intensificar o policiamento nos eixos de transporte coletivo, combater furto e roubo, recuperar veículos, apreender armas e drogas e capturar foragidos da justiça. Oito adultos foram presos e dois menores apreendidos. Os resultados foram apresentados nesta quarta-feira (1º) no Cope, em Curitiba.

De acordo com o secretário de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita, o que chama a atenção é que esta ação do Bope chegou também ao crime organizado com a apreensão de grande quantidade de material explosivo e armamento pesado, possivelmente usado para roubo a bancos e explosão de caixas eletrônicos, além de munição e coletes balísticos. “Isto demonstra a necessidade de termos operações como esta e por isso o Bope sempre está na rua combatendo o crime, assim como todos os outros grupos de elite” disse.

O secretário informou ainda a Polícia Civil aprofundará as investigações referentes ao grupo preso e ao material apreendido. “Antes de uma operação como esta a PM faz um trabalho grande de inteligência e de levantamento de locais e de pessoas envolvidas. É importante que a população passe informações e auxilie no levantamento de dados. Para isso temos o telefone 181 que recebe denúncias também de forma anônima”.

De acordo com o comandante do Bope, tenente-coronel Hudson Leôncio Teixeira, a operação foi planejada para que as abordagens acontecessem em Curitiba e posteriormente na RMC. “Desta forma conseguimos congelar a cidade e fazer um cinturão de segurança. O Cope nos apoia e agora identificará estes envolvidos, pois alguns já tinham passagens por outros crimes”, disse.

OPERAÇÃO – A megaoperação começou na tarde de terça-feira (31) e seguiu até a madrugada de quarta. Quase 200 homens em 43 viaturas se deslocaram para pontos diferentes de Curitiba com foco nas regiões Leste, Sul e Norte.

Após amplo bloqueio que abrangeu várias regiões da cidade as equipes seguiram para a Região Metropolitana da Capital. Foram abordados cinco estabelecimentos comerciais, 91 carros, 26 motocicletas, 53 ônibus e 2.397 pessoas.

“A partir do levantamento de estatística descobrimos horários e locais com maior índice de furtos e roubos a ônibus e de veículos, planejamos a operação e a executamos. Abordamos ônibus no intuito de flagrar oportunistas e os fura catraca. O resultado da operação mostra que estamos no caminho certo”, enfatiza o tenente-coronel Hudson.

Ele acrescenta que a operação também cumpriu o objetivo de recuperar veículos. “Recuperamos quatro carros e uma moto que tinham sido furtados ou roubados e agora estavam sendo usados pelos criminosos, além de placas frias ou retiradas de carros roubados”, explicou.

OCORRÊNCIAS - Numa das ocorrências, em São José dos Pinhais, a PM desarticulou um grupo fortemente armado. Equipes patrulhavam no bairro Afonso Pena quando viram dois homens descerem de um veículo Logan prata e seguirem em direção a um mercado em atitude suspeita. Na abordagem da polícia foi encontrada uma submetralhadora.

“Em seguida as equipes do Bope seguiram para uma residência onde localizaram dois veículos, o dinheiro, 36 quilos de emulsão explosiva, a maioria das munições, quatro coletes balísticos, carregadores de arma longa, toucas balaclava e máscara, dois fuzis, quatro televisores e seis placas de veículos.

Em outra ocorrência no mesmo município, de um roubo a uma farmácia, as equipes do Bope foram chamadas e conseguiram apreender dois menores que estavam com uma arma artesanal e o dinheiro do roubo. Eles foram reconhecidos pelos funcionários do estabelecimento. Ainda durante a operação, um homem com uma moto furtada tentou furar uma barreira policial no bairro Cajuru e foi detido.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.