Polícia Militar

11/10/2017

Pela primeira vez BOPE forma policiais militares no Curso de Especialização em Controle de Distúrbios Civis no interior do estado

Uma solenidade na manhã desta quarta-feira (11/10) em Cascavel (PR), Oeste do estado, formou 23 policiais no Curso de Especialização em Controle de Distúrbios Civis - Categoria Cabos e Soldados 2017, Turma II. As atividades foram realizadas pelo Batalhão de Operações Especiais (BOPE) no núcleo de ensino do 6° Batalhão de Polícia Militar. Os profissionais de segurança pública passaram por 31 dias de aulas práticas e teóricas, estando habilitados para operar em tropas especializadas em CDC.

De acordo com o Comandante da Companhia de Choque, capitão Paulo Renato Aparecido Siloto, esta é a primeira vez que o curso acontece no interior do estado. “As aulas iniciaram-se no dia 11 de setembro com 35 alunos e encerram na data de hoje com 23 formandos. Participaram da especialização policiais militares de batalhões do 2º, 3º e 5º Comandos Regionais da PM”, explica.

O curso foi feito pelo BOPE no núcleo de ensino do 6º BPM, em Cascavel, e finalizou com 250 horas de atividades ao longo de 31 dias. Foram ministradas aulas de legislação, técnicas e tecnologias não letais, policiamento em grandes eventos e gestões de multidões, técnicas básicas e avançadas de Controle de Distúrbios Civis, dentre outras.

Os alunos também fizeram uma visita técnica ao Batalhão de Polícia de Choque de Santa Catarina, em Florianópolis, com o intuito de trocar experiências. Segundo o capitão Siloto, os formandos estão habilitados a operar em tropas especializadas em CDC de maneira técnica e doutrinária, garantindo sua eficiência e, acima de tudo, a preservação dos direitos dos cidadãos.

Para o soldado Osmar Wanderlei de Paula, pertencente ao 11º Batalhão da PM, é uma honra aprender mais e participar de um curso tão importante para a corporação. “Estou muito feliz em poder concluir esta etapa profissional e daqui pra frente o objetivo é tornar-me um multiplicador de conhecimento”, destaca.

“Foi um período de muita aprendizagem. Nestes dias passamos por algumas dificuldades, mas com muita determinação conseguimos chegar ao final do curso e levaremos a doutrina e todo o conhecimento adquirido para as demais unidades da PM do interior do estado”, disse o soldado Renan Aparecido Neves da Silva, pertencente a 5ª CIPM.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.